“Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça e lava o rosto, com o fim de não parecer aos homens que jejuas, e sim ao teu Pai, em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mt 6:16-18).

Jejum
Sobre o Jejum: Jesus disse: “Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa”Mt 6:16.Ele também disse: “Podem, acaso, estar tristes os convidados para o casamento, enquanto o noivo está com eles? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo, e nesses dias hão de jejuar”(Mt 9:15).

Here we see that fasting should be be God-centered, God-intended, and God-ordained as an expression of grief, distress, or repentance; as preparation for God’s guidance and renewal (Exodus 24 and Daniel 9); to reveal things that hinder our intimacy with God; to remind us that we are sustained by “every word that comes from the mouth of God” (Matthew 4:4), and to help keep our lives in balance.

Normal fasting: going without food for up to 40 days (Exodus 34:28Daniel 6:18Luke 2:37Mark 2:18Matthew 4:2Acts 13:2314-23, and others).

Partial fasting: abstaining from certain foods (Daniel 10:3).
Absolute fasting: going without food or water for up to three days (Esther 4:16).
Voluntary group fasting: for a specific reason by a specific group of people (Ezra 8:21231 Sam. 7:62 Chron. 20:3Jonah 3:5; and others).

Uma Grande Razão para jejuar é por reavivamento pessoal, mas orar por nossas necessidades e interceder pelos outros também são razões importantes para se jejuar e orar, assim como:

  • Nos humilha e lembra de nossas falhas e nossa dependência de Deus.
  • Revela coisas que nos controla... orgulho, raiva, rancor, ciúme, ganância e medo aparecerão durante o jejum.
  • Tira a nossa atenção de nós mesmos para Deus.
  • Aumenta o nosso relacionamento com Deus.
  • Nos ajuda a manter o equilíbrio e o foco em nossas vidas... o que é muito importante.
  • Nos ajuda a viver com o principio espiritual de abnegação, que nos mostra que estamos buscando a Deus com seriedade.
  • É como se estivéssemos dizendo: “O meu corpo pertence a Você, e os meus apetites e desejos são dedicados completamente a Você Senhor”.
Preparação Antes de Jejuar
Como você começa a conduzir o seu jejum será um grande determinante para seu sucesso. Ao seguir esses cinco passos básicos de preparação, o seu tempo com o Senhor será mais enriquecedor de maneira significativa e espiritual.

Passo 1: Determinar os seus Objetivos / Estabelecer seu Objetivo.
Por que você está jejuando? É uma renovação espiritual, por orientação, por cura, pela resolução de problemas, pela graça especial de saber lidar com situações difíceis? Peça ao Espirito Santo para esclarecer Suas orientações e objetivos para o seu jejum de oração. Isso fará com que você ore com mais especificidade e estratégia. Através do jejum e da oração, nos humilhamos perante Deus para que o Espirito Santo possa atiçar as nossas almas, acordar as nossas igrejas e curar nossas terras de acordo com 2 Crônicas 7:14. Faça com que isso seja uma prioridade em seu jejum.

Passo 2: Faça as Perguntas Médicas.
Independente dos benefícios e da necessidade de jejuar, existem algumas pessoas que jamais deveriam jejuar sem uma supervisão médica profissional. Por exemplo:

  • Pessoas que são fisicamente muito magras ou emaciadas.
    • Pessoas que são propensas a ter anorexia, bulimia ou outra desordem comportamental. São os que sofrem de fraqueza ou anemia.
    • Pessoas que têm tumores, úlceras hemorrágicas, câncer, doenças sanguíneas ou doenças de coração.
    • Pessoas que sofrem de problemas crônicos nos rins, fígado, pulmões, coração ou outros órgãos vitais.
    • Indivíduos que tomam insulina para diabetes ou sofrem qualquer outro tipo de problema com glicose.
    • Mulheres que estão grávidas ou em amamentação.

    Passo 3: Faça um Comprometimento e um Programa para o seu Jejum
    Ore sobre todos os tipos de jejum que você deveria realizar. Jesus insinuou que todos os Seus seguidores deveriam jejuar (Mateus 6:16-18; 9:14-15). Para Ele é uma questão de quando jejuar e não se deveriam jejuar. Antes de você jejuar, tome as seguintes decisões:

    •  Quando tempo você jejuará – uma refeição, um dia, uma semana, várias semanas, quarenta dias (Iniciantes deveriam começar devagar, subindo aos poucos).
    • O tipo de jejum que Deus quer que você se submeta (como apenas água ou água e sucos; quais tipos de sucos você tomará e com qual frequência).
    • Quais atividades físicas ou sociais você deixará de fazer
    • Quanto tempo por dia você irá dedicar a orar e ler a Palavra de Deus

    Se comprometendo antes da hora irá te ajudar a manter o seu jejum quando as tentações físicas e pressões da vida te fazem querer parar o jejum.

    Passo 4: Se Prepara Espiritualmente
    A própria base do jejum e da oração é arrependimento. Qualquer pecado não confessado irá dificultar suas orações. Abaixo seguem várias coisas que você pode fazer para preparar o seu coração.

    •   Peça a Deus para te ajudar a lembrar e reocnhecer todos os seus pecados.
    • Confesse todos os pecados que o Espirito Santo te ajudar a perceber e aceitar o perdão de Deus (1 João 1:9).
    • Busque o perdão de todos a quem você tem ofendido e perdoe todos os que tem te ofendido (Marcos 11:25; Lucas 11:4; 17:3,4).
    • Faça uma restauração a medida da orientação que o Espirito Santo te der.
    • Peça a Deus para te encher do Seu Espirito Santo de acordo com Suas ordens em Efésios 5:18 e Sua promessa em 1 João 5:14-15.
    • Entregue sua vida por completo a Jesus Cristo como seu Senhor e Mestre; recuse obedecer a sua carne ou qualquer outra influência mundana (Romanos 12:1,2).
    • Medite nos atributos de Deus (Salmos 448:9,10; 103:1-8, 11-13). Seu amor, soberania, poder, sabedoria, fidelidade, graça, compaixão e muito mais.
    • Comece o seu jejum e sua oração com um coração esperançoso (Hebreus 11:6).
    • Não subestime a oposição espiritual. Satanás pode intensificar a batalha entre o corpo e o espirito (Gálatas 5:16,17).

    Passo 5: Se Prepare Fisicamente
    O jejum requere precauções sensatas. Lembre-se de consultar o seu médico antes, especialmente se você está sobre receita médica ou tem uma enfermidade crônica. Preparação física exige uma mudança drástica na sua dieta. A preparação apropriada faz a mudança drástica em sua rotina de alimentação um pouco mais fácil para que você voltar toda a sua atenção para Deus em oração.

    • Não apresse o seu jejum.
    • Prepare o seu corpo. Come refeições menores antes de começar a jejuar. Evite comidas ricas em gordura ou açúcar.
    • Coma frutas e vegetais frescos por dois dias antes de começar a jejuar.
    • Não negligencie sua higiene e aparência pessoal durante o seu jejum (Mateus 6:16-18).
Aspectos do Jejum
Existem Dois Tipos de Jejum
Um jejum parcial é descrito no livro de Daniel. Apesar de o jejum com água parecer ser o costume do profeta, havia um período de três semanas em que ele apenas se absteve de “delícias”, como carne e vinho (Daniel 10:3).
Os dois tipos principais na Bíblia que são os jejuns “completos” e “completamente supernaturais”. Esses jejuns não incluem nem comida (sólida ou liquida) nem água. Paulo fez um jejum completo por três dias após seu encontro com Jesus no caminho para Damasco (Atos 9:9). Moisés e Elias se envolveram em um jejum que pode ser considerado como completamente supernatural por quarenta dias (Deuteronômio 9:9; 1 Reis 19:8).

Preparação Espiritual
Durante o seu tempo especial com Deus, você deveria passar um tempo em oração e meditação para analisar o seu coração e revelar todo pecado não confessado. As escrituras registram que Deus sempre exige que o Seu povo se arrependa de seus pecados antes que Ele ouça suas orações. Rei Davi disse: "Vinde, ouvi, todos vós que temeis a Deus, e vos contarei o que tem ele feito por minha alma. A ele clamei com a boca, com a língua o exaltei. Se eu no coração contemplara a vaidade, o Senhor não me teria ouvido. Entretanto, Deus me tem ouvido e me tem atendido a voz da oração. Bendito seja Deus, que não me rejeita a oração, nem aparta de mim a sua graça" (Salmos 66:16-20).

Em suas orações, não confesse apenas os pecados óbvios, mas os menos óbvios também. Os pecados por omissão também, como também os por experiência em comissão. Essas podem ser experiências em deixar o seu primeiro amor pelo nosso Senhor de lado: mentalidade mundana, autocentrismo, indiferença espiritual e má vontade em compartilhar sua fé em Cristo com os outros, não passartempo suficiente com a Palavra de Deus e em oração, um relacionamento fraco com seu cônjuge, seus filhos, seu pastor ou outros membros da sua igreja.

Preparação Física
Embora o jejum seja principalmente uma disciplina espiritual, ele começa na esfera física. Você não deveria jejuar sem uma preparação física específica. Se você planeja jejuar por vários dias, será melhor se você começar comendo refeições menores antes de se abster absolutamente. Resista a vontade de ter aquele “grande banquete” antes de jejuar. Ir cortando as suas refeições alguns dias antes de começar a jejuar irá mandar um sinal para a sua mente, estomago e apetite de que menos comida é aceitável.

Alguns profissionais de saúde sugerem comer apenas comidas cruas por dois dias antes de começar a jejuar. Mas também pode ser de grande ajuda, como também é muito recomendado, deixar de ingerir produtos com cafeína e açúcar para facilitar o desconforto inicial da fome e dos desejos iniciais nos primeiros estágios de seu jejum.

Practical Suggestions
Iniciando seu Jejum

  • É recomendável que você beba bastante líquido durante o jejum. Mas, obviamente, se Deus o leva a realizar um jejum absoluto, você deve obedecer. Nesse caso, verifique se Deus está guiando você.
  • Jejuns absolutos com duração de vários dias devem ser realizados com repouso completo e sob supervisão médica, devido ao risco extremo de desintoxicação excessiva, decomposição dos tecidos vitais do corpo e perda de eletrólitos.
  • Quando se trata de tomar a decisão final sobre qual tipo de jejum é adequado para você, o melhor conselho é se preparar antes de jejuar e seguir a orientação do Espírito Santo. Ele guiará seu coração e sua mente sobre o que é melhor para você. Lembre-se, a consideração mais importante no jejum é o seu motivo. Por que você está jejuando? Buscar pessoalmente algo da mão de Deus ou buscar sua face em adoração, louvor e ação de graças?

Programação

  • Separe um tempo pela manhã para adoração e louvor particulares.
  • No almoço, dedique alguns minutos à Palavra de Deus e à oração. Talvez você ande um pouco enquanto ora.
  • À noite, fique sozinho por um tempo descontraído para procurar o rosto de Deus ou passar um tempo extra de oração com seu cônjuge, família ou amigo.
  • Evite televisão e outras distrações.
  • Se você estiver bebendo sucos, beba-os nas refeições regulares.
  • Reserve mais tempo do que o normal para descansar.

Termine seu Jejum de a Pouquinho
Se você tomou a decisão de continuar o desafio de um jejum prolongado, eis algumas coisas que você deve considerar seriamente antes e depois do jejum:

  • Não coma alimentos muito pesados ​​na preparação ou celebração de qualquer jejum.
  • Quebre seu jejum pouco a pouco com frutas e vegetais crus.
  • Se você estiver em jejum prolongado, enquanto bebe sucos, adicione o seguinte:
    • Primeiro dia: Adicione uma salada crua.
    • Dia Dois: Adicione Batata Assada / Cozida, Sem Tempero ou Manteiga
    • Terceiro dia: Adicione um vegetal cozido no vapor
    • Quarto dia: comece a retomar sua dieta normal.
Cristãos Jejuam ?

Todo ano muçulmanos ao redor do mundo jejuam de maneira especial no mês do Ramadan. AS tradições ensinam que durante esse mês, Deus dá aos muçulmanos a chance de dobrar suas recompensas para terem uma maior chance de ir ao paraíso. Os muçulmanos pedem a Ele perdão por seus antigos pecados e a condução de outras condutas comportamentais. Cada gesto de gentileza, oração, doação, e de jejuar que um muçulmano pode fazer para agradar a Deus, deve ser feito. Nessas ocasiões, os muçulmanos perguntam aos seus amigos cristãos sobre como eles jejuam. De acordo com os ensinamentos islâmicos, todo o povo de Deus, Abraão, Moisés, Davi e Jesus jejuaram. Cristãos jejuam? Qual é a perspectiva bíblica do jejum? Não se esqueçam do que o Alcorão diz: “Oh vós que credes! O jejum é-vos prescrito assim como foi prescrito para aqueles antes de vós, para que assim possais chegar a ser justos” (Al Bácara 2: 184).

Muitos cristãos não jejuam como os muçulmanos, muito menos exibem isso. Alguns jejuam todos os anos por quarenta dias para comemorar o acontecimento do início do ministério de Jesus e se prepararem para a celebração de seu sofrimento e ressureição. Porém, esse costume não é uma lei criada por Deus e não registros dizendo que Jesus jejuou por 40 dias a cada ano, mas que o fez apenas uma vez. Não há registros de Jesus prescrevendo tal jejum para seus seguidores.

Jejuar na Bíblia é uma expressão da preparação para novas iniciativas, de arrependimento, intercessão e oração ao buscar o auxílio de Deus (1 Samuel 31:13; 1 Reis 21:27; 2 Samuel 12:16). No passado, o jejum era feito por razoes pessoais (Salmos 25:13), como um ato nacional em meio a calamidades (Joel 2:15), ou como um cumprimento litúrgico regular (Zacarias 8:19).

O jejum normalmente envolve abstinência de alimentos a fim de mostrar dependência de Deus e submissão a Sua vontade. O grande jejum nos tempos do Velho Testamento foi o do Dia da Expiação (Lv. 16:29-34), o qual os muçulmanos também observaram nos primórdios, em Madina, antes que a observância de todo o mês de jejum fosse decretada.

God gave a very thought provoking message through the Prophet Isaiah concerning fasting.    “For day after day they seek me out; they seem eager to know my ways, as if they were a nation that does what is right and has not forsaken the commands of its God. They ask me for just decisions and seem eager for God to come near them. ‘Why have we fasted,’ they say, ‘and you have not seen it? Why have we humbled ourselves, and you have not noticed?’ Yet on the day of your fasting, you do as you please and exploit all your workers. Your fasting ends in quarrelling and strife, and in striking each other with wicked fists. You cannot fast as you do today and expect your voice to be heard on high. Is this the kind of fast I have chosen, only a day for a man to humble himself? Is it only for bowing one’s head like a reed and for lying on sackcloth and ashes? Is that what you call a fast, a day acceptable to the Lord? Is not this the kind of fasting I have chosen: to loose the chains of injustice and untie the cords of the yoke, to set the oppressed free and break every yoke? Is it not to share your food with the hungry and to provide the poor wanderer with shelter – when you see the naked, to clothe him, and not to turn away from your own flesh and blood? Then your light will break forth like the dawn, and your healing will quickly appear; then your righteousness will go before you, and the glory of the LORD will be your rear guard. Then you will call, and the LORD will answer; you will cry for help, and he will say: Here I am.If you do away with the yoke of oppression, with the pointing finger and malicious talk, and if you spend yourselves on behalf of the hungry and satisfy the need of the oppressed, then your light will rise in the darkness, and your night will become like the noonday. The LORD will guide you always; he will satisfy your needs in a sun-scorched land and will strengthen your frame. You will be like a well-watered garden, like a spring whose waters never fail.” (Isaiah 58 :2 – 11)

No Novo Testamento, o jejum com a oração e a fração do pão foi muito respeitado. Líderes de igreja jejuaram quando tiveram que escolher missionários e anciãos (Atos 9:9; 13:2,3; 14:23).

De acordo com tais palavras, Jesus aceitou o jejum como uma disciplina natural. O evangelho O menciona jejuando antes do começo de Seu ministério, semelhante ao que Moisés e Elias fizeram (Mateus 4:2; Êxodo 24:28; 1 Reis 19:8). Durante Seu ministério, parece que seus companheiros ou discípulos não jejuavam com frequência, ao contrário dos discípulos de João Batista e dos Fariseus (Marcos 2:18- 19). A razão era que eles estavam em celebração por causa do Messias, como noivo, ainda estava com eles. Porém, Jesus mencionou que eles jejuariam após sua partida e até o seu retorno (Mateus 9:14-17; Marcos 2:18-22; Lucas 5:33-39).

Vendo o quanto as pessoas jejuaram, Jesus aconselhou: “Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram o rosto com o fim de parecer aos homens que jejuam. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça e lava o rosto, com o fim de não parecer aos homens que jejuas, e sim ao teu Pai, em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará” (Mateus 6:16-18).

Leia Mais
A Corrupção (Tahrif)
Português do Brasil