Eu me chamo Rute e venho da terra por onde o meu mestre Jesus Cristo andou. Venho de uma família educada que valoriza o islamismo e realiza as obrigações obrigatoriamente, tais como orar e jejuar. Cresci odiando os cristãos, os quais eu acreditava que adoravam três deuses. Mas Jesus veio a mim em um sonho que mudou a minha vida por completo.

Eu quero lhe dizer que o nosso Deus é o Deus de milagres. Eu tenho certeza de que isso é verdade, por ser o meu próprio testemunho com Ele. Hoje, eu me batizei, seguindo o exemplo do meu Senhor, meu Deus e Salvador, Jesus Cristo; e então mudei o meu nome para Rute. Tudo o que quero fazer é andar como o meu Senhor andou, “Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas" (1 Pedro 2:21). Ele nos chamou para ouvir Sua voz e fazer parte de Seu rebanho. “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem” (João 10:27).

Antes de me batizar, estava orando por muitas coisas e o meu batismo era uma delas. Eu orei por isso profundamente, mas percebi, como a Bíblia diz: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1).

Na época, estava trocando umas ideias com algumas denominações. Sempre tive vontade de crescer com Ele e nEle; e no fim eu soube o quanto o meu Deus me amava e queria que eu fosse parte dos remanescentes ao seguir a Bíblia como uma constituição da vida, “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos” (Salmos 119: 105) e ao seguir os Seus mandamentos e manter a nossa fé nEle. “Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus" (Apocalipse 14:12). Não por seguir os mandamentos do homem, “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Mateus 15:9). O Senhor Jesus queria me tirar da escuridão do islamismo para a Sua maravilhosa luz, “...para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pedro 2:9). Já passei por muitas fases até encontrar essa igreja que mantém a Bíblia como uma constituição em tudo relacionado as nossas vidas e na adoração à Deus.

Eu agradeço ao Senhor por me guiar ao batismo no lugar certo. Agradeço a Ele por me dar paciência, sabedoria e por me guiar para a importância de escolher a igreja que mantém todos os mandamentos e a fé de Jesus. Através de meus estudos bíblicos, percebi o tamanho da escuridão em outras igrejas e suas distâncias da Bíblia. Vi muitas coisas neles que afligem o Espírito Santo (adorar ídolos, não manter o sábado, interceder aos santos, orar pelo nome de Maria, as mesmices em orações, o temor do evangelismo, a hipocrisia na fé e muitas outras).

Existem muitos cristãos de nome. A fé deles está longe da verdade bíblica porque aceitaram deuses estranhos, os quais são feitos por suas próprias mãos. O meu batismo, na minha igreja, foi o melhor presente dado a mim pelo Senhor Jesus. O Senhor Jesus me ensinou a ser fiel a Ele, ser fiel no Espirito em oração, ler a Palavra e servir, “Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração" (Romanos 12:11-12).

Agora irei continuar a minha vida com essa comunidade de crentes, a minha igreja na qual fui batizada, em oração, perseverante e servindo com ação de graças à Graça do Senhor Jesus. Eu tenho experienciado como os meus colegas crentes passam tempo orando pelos outros, glorificando, agradecendo à Deus em suas conversões, mantendo os mandamentos de Deus e a fé de Jesus. Aquecidos pela fé, eles encaram a Bíblia como uma constituição e Jesus Cristo como o exemplo supremo e a cabeça da igreja. Eles obedecem o Senhor como está escrito na Bíblia. Portanto respeitam a todos sem exceção, eles não têm preconceito com ninguém e nem duvidam, ou atacam, outras denominações como outros fazem. Descobri quão violento o preconceito contra a minha igreja é hoje, após estudar e lidar com as outras comunidades. Eu não digo isso com ignorância e não digo isso para louvar qualquer lado ou grupo, eu digo isso apenas com um coração sincero e fiel, como o Senhor Jesus me ensinou.

Sempre busco o conhecimento e a sabedoria do Senhor para qualquer dificuldade que me deparo. Eu quero ser uma serva fiel do Senhor. Desde que o Senhor Jesus me apareceu, em um sonho três anos atrás e comecei a acreditar em Cristo, não me batizei logo em seguida. Agora entendo que o Senhor me deu paciência porque queria me batizar na Igreja em que Cristo é o Senhor.

Somos todos convidados nesse mundo; e assim que morrermos não haverá mais espaço para o louvor e o serviço, porque estaremos em um estado de sono, esperando pela vinda de Cristo para levar os justo com Ele e completar a Sua promessa abençoada. “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também" (João 14:1-3).

Esperei por muito tempo para que o Senhor me guiasse para o batismo certo. Um grupo de crentes continuou orando por mim até que o Senhor planejou o momento, o lugar e a pessoa certa. Mas esperar foi difícil. Eu chorava todas as noites quando orava, “Senhor! Me ajude e me dê paciência, sabedoria e perseverança porque estou realmente cansada e ansiosa pela chegada do meu batismo."

Quando o dia prometido finalmente chegou, não pude dormir na noite anterior por estar muito animada e feliz. Mas também estava com medo de que a minha família fosse descobrir o meu plano e impedir que eu alcançasse o meu desejo. Levantei bem cedo e me preparei como se estivesse indo para a faculdade. Não podia falar à minha família o que eu ia fazer. Ao sentar com eles para jantar, senti uma grande felicidade e amor, mas ao mesmo tempo tristeza. Perdoe-me, eu pensei. Irei sem lhes dizer, porque vocês me impediriam. Irei como Fatima e voltarei como Rute. Nada de ruim acontecerá porque o Senhor Jesus me prometeu que me protegeria. Eu amo muito vocês, mas amo mais o meu Senhor. Coloquei a mochila nas costas e saí como se estivesse indo para a faculdade. Na universidade chamei um táxi para me levar ao encontro do pastor que me batizaria. Enquanto esperava, convidei uma amiga para vir comigo. Ela atrasou e fiquei com medo de que não viesse. Mas louvemos à Deus, ela apareceu depois de uma hora, isso para mim pareceu uma eternidade.

Começamos a nossa jornada, encontrando o pastor e a sua família em um local longe da igreja para que ninguém soubesse para onde eu estava indo. Finalmente nós chegamos e encontramos o pastor e sua família. Então, fomos ao local do batismo onde os irmãos e irmãs da igreja estavam esperando. Quão maravilhoso foi ter a minha nova família compartilhando da minha alegria no dia do meu batismo! Oramos e choramos juntos. Lemos a palavras de Deus e louvamos o Seu nome. Então lhes contei a minha história e a minha jornada; e todos choraram.

O momento chegou e então entrei no rio. Enquanto o pastor orava, eu dizia: “Glória à Ti Senhor. Eu te amo Jesus!” O meu coração estava saindo pela boca e senti como se estivesse gritando. Então, fui batizada. Enquanto o servo do Senhor me mergulhou por debaixo d’água, realmente senti que me tornei uma nova criatura e que a antiga fora embora. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo" (2 Coríntios 5:17). Depois de uma longa jornada como Fatima, eu me tornei Rute. Os meus olhos estavam cheios de lágrimas e glorifiquei ao Senhor por ter me ouvido e me respondido. O lugar era sagrado. Tinha um clima de fé, desejo e profunda adoração ao Senhor. Era de fato, um casamento com a participação dos meus irmãos em Cristo, Seus anjos e o Espírito Santo.

O batismo durou cerca de duas horas e meia e então, tive que voltar para casa. Cheguei em casa às 1h da tarde. Vi o meu avô e a minha família sentados à mesa de jantar. Coloquei a comida diante deles. Então fui para o meu quarto e chorei. Porque os amava, realmente queria que se batizassem e conhecessem o Senhor Jesus. Mas disse a mim mesma que não tinha problema. O nosso Deus é misericordioso. Em Cristo serei forte e firme. Eu vou ficar com a minha família e orar por eles. Serei uma embaixadora para Jesus. “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus" (2 Coríntios 5:20).

Preciso de suas orações, pois a minha situação não é fácil. Preciso esconder a minha fé da minha família e viver sob a proteção do Senhor Jesus. “E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições” (2 Timóteo 3:12).

Por favor, orem pela minha família e pelos outros muçulmanos, para que eles conheçam o Senhor Jesus e se tornem parte da igreja remanescente. Nem todo mundo passará pela porta certa, apenas a pessoa que der sua vida pelo Senhor, resistir a escuridão como um crente, seguir os passos do Senhor, manter os Seus mandamentos e a Sua fé.

Categorias: Stories

4 comentários

Betty Borges · junho 28, 2019 às 10:56 am

Emocionante a decisão de Ruth, lágrimas virem aos meus olhos ao ler sua história e vê como Deus alcança seus filhos..🙏 Ruth e sua família fará parte das minhas orações.

AGNALDO · junho 28, 2019 às 12:34 pm

De que adianta eu ganhar tudo nesse mundo e perder a vida eterna, no paraíso eterno?
Temos que, neste mundo de trevas, andar com JESUS, para alcançarmo a vida eterna
As palavras de JESUS estão se cumprindo a cada dia.

Gláucio Pires Pontes · junho 29, 2019 às 12:27 am

Muito interessante esse testemunho… Jesus deve retornar em breve, mesmo a janela 10/40 não vai ser um empecilho para o Senhor de todas as coisas…

Osmar · junho 29, 2019 às 10:58 pm

impressionante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Português do Brasil
English العربية Español فارسی Français Português do Brasil