"Diga, ó Povo, sou o Mensageiro de Deus para todos vocês - Aquele a quem pertence o reino de os céus e a terra. Não há deus senão Ele. Ele dá vida e causa então acredite em Deus e Seu Mensageiro, o Profeta Analfabeto, que acredita em Deus e em suas palavras. E siga-o, para que você seja guiado" (Al A'raf 7: 158).

O Alcorão afirma claramente neste verso o que é a verdadeira fé:

  • Crer em Deus, o Rei dos céus e da terra
  • Não há outro Deus exceto Alláh
  • Deus é quem dá a vida e causa a morte
  • Acreditar em Deus e na palavra dEle
  • Siga a fé do profeta analfabeto

A questão que surge é o que são as palavras de Deus ou a Palavra de Deus que os profetas analfabetos acreditam? Aqui eu gostaria de compartilhar um pouco do que os comentaristas do Alcorão diz sobre esse verso.

"Suas palavras são as palavras do Deus Todo-Poderoso escritas pela Torá, a Bíblia e o Alcorão " (Tafseer al-Qurtubi).

“Mujahid e al-Sadi disse: Quer dizer, Isa, filho de Maria e lê 'Sua Palavra'(Tafseer al-Baghawi).

"Outras dissem: ‘Aquele que acredita em Alláh e em Suas palavras disse:“ Isa Ibn Maryam paz seja sobre Ele ... ”E Muhammad ibn al-Hussein me disse:“ Ahmed nos disse, ele nos disse, e ele nos disse: "Quem crê em Deus e em suas palavras" é Jesus, o Filho de Maria" (Tafseer al-Tabari).

Assim sendo, a verdadeira fé é baseada somente na fé, na Torá, no Evangelho e na Palavra de Deus, Jesus, o Filho de Maria. A verdadeira fé é o que as palavras de Deus proclamam no Torá e no evangelho sobre Cristo (que a Sua paz esteja conosco), a Palavra de Deus.

De fato, o Alcorão explica claramente essa fé em Surat Al Taubah: "Eles tomaram suas rabinos e seus sacerdotes como senhores em vez de Deus, assim como o Messias, filho de Maria. Embora eles foram ordenados a adorar ninguém além do Deus Único. Não há deus exceto Ele. Glória a Ele; Bem acima do que eles associam a Ele" (Al Taubah 9:31). Observe aqui que a verdadeira fé é adorar a Deus e a Cristo (o único e Deus verdadeiro).

"Os anjos disse: Ó Maria, Deus lhe dá boas novas de uma Palavra Dele. O nome dele é Messias, Jesus, filho de Maria, bem-estimado neste mundo e no próximo, e um do mais próximo ”(Áal 'Imran 3:45).

"Então o anjos o chamaram, enquanto ele orava no santuário: Deus lhe dá boas notícias de John; confirmando uma Palavra de Deus, e honrosa, e moral, e uma profeta; um dos retos ” (Áal 'Imran 3: 39).

Na interpretação desse verso, Al-Tabari diz: “Ele estava confirmando uma palavra de Deus. Ele disse: 'Isa, o filho de Maria, é a palavra de Deus, seu nome é Cristo ...' Yahya foi o primeiro a acreditar em Jesus e testemunhou que ele era uma palavra de Deus ... acreditando em Isa Ibn (filho) Maryam, seguindo Suas leis e caminhos ... Ele disse: Ele foi o primeiro homem a acreditar em Isa, Ele é uma Palavra de Deus e Espírito."

No comentário dele sobre esse verso, Al-Qurtubi disse: “Ele é chamado de Palavra porque as pessoas são guiadas por Ele como são guiadas pelas palavras de Alláh."

Al-Tabari disse: “Maria, quando deu à luz Jesus, também soube que sua irmã estava grávida com Yahya. Quando Maria foi visitar sua irmã, sua irmã disse: “Maria, você sente que estava grávida? ”Maria perguntou:“ Você sabia que eu estava grávida? ” Ela disse a ela: "Acho que o que está no meu ventre se prostra ao que está no seu ventre." Como uma criança por nascer se prostra a outra criança? Isso significa que a criança não é uma criança normal? Como Deus permite que um de Seus profetas se prostre a alguém que não seja Deus?

"A palavra é a revelação Deus… a Palavra é a essência do divino, mas não outra," disse Sheikh Muhi al-Din al-Arabi. (Capítulos de livros da sentença Parte II, página 35). Ele também disse: “A Palavra é a Divindade” (p. 13).

O Alcorão repete o que Yahya ben Zakaria (João Batista) disse quando viu Isa (que a Sua paz esteja sobre nós), “No dia seguinte, João viu Jesus vindo em sua direção e disse: 'Eis O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! ... E eu tenho visto e testemunhou que este é o Filho de Deus" (Injil, João 1: 29-34).

O que é fé, que tanto o Torá como o Injil proclamam sobre a Palavra de Deus, Isa Al-Masih (que a Sua paz esteja conosco)?

"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai." (Injil, João 1:1-5, 14).

"Eu e meu Pai somos um" (Injil, João 10:30).

"E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és tu, Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos."(Injil, João 17: 3, 20-22).

Categorias: Studies

0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Português do Brasil
English العربية Español فارسی Français Português do Brasil